#CuriosidadeGeek | Dobra Espacial

Boa tarde pessoal, me chamo C. Alisson Veloso, mas me chamam de Claw, tenho a bendita sorte de namorar a garota mais incrível desse mundo, e finalmente pude aceitar o convite de escrever um artigo para o blog dela.

 Hoje gostaria de abordar um tema que leva os Nerds e Geeks que entendem um pouco de física à loucura, a viagem inter-estelar através da dobra espacial e as dificuldades de se conseguir tal feito.
Como muitos de vocês sabem o espaço é a fronteira final da humanidade (sera?) e nós ainda não dispomos de tecnologia suficiente para alcançar as profundezas desse "mar" de estrelas, isso porque mesmo os mais poderosos propulsores á jato ou motores de foguete não vencem a matéria escura que preenche(?) o universo a ponto de nos fazer percorrer a distância suficiente para cruzarmos uma galáxia antes de envelhecermos até a morte.
Pensando nisso algumas das mentes mais brilhantes idealizaram a tal viagem hiper espacial, que muitos de nós vemos nos filmes como Star Wars, Star Treek e também o mais recente Prometheus.
Essa viagem ocorreria usando propulsores especiais que fariam a matéria passar por dentro da nave comprimida ao máximo possível e  ao sair na parte de trás se expandiria imensamente locomovendo a nave em velocidades próximas da luz, viajar a tais velocidades segundo a teoria da relatividade especial (sim especial não espacial) de Einstein dilataria o tempo ao nosso redor fazendo com que passasse mais devagar, dessa forma poderíamos nos locomover até a galáxia mais próxima em apenas 2 semanas, o que abreviaria e muito a exploração do nosso imenso universo.
Os cientistas da NASA já estudam uma forma de concretizar tal feito, mas da teoria até a realidade é que começam as dificuldades, para que uma nave pudesse comprimir o espaço em sua dianteira e o expandir em sua popa seria necessário uma massa equivalente ao do planeta Júpiter para que a dobra fosse realizada com sucesso;
Outra preocupação seriam as rotas hiper espaciais que deveriam ser milimétricamente calculadas a fim de não colidir a nave com qualquer corpo celeste ou singularidade pois os danos seriam incalculáveis podendo até mesmo criar um rombo no Espaço/Tempo.
Essas entre muitas dificuldades tais como fontes de energia, elementos, singularidades cósmicas desconhecidas e os tão temidos buracos negros são empecilhos para que a viagem Hiper-Espacial esteja ao nosso alcance.
Por enquanto apenas nossas mentes podem divagar nas galaxias mais distantes do universo, mas futuramente a humanidade será capaz de derrubar até mesmo essa ultima fronteira, só nos resta esperar que as tecnologias necessárias sejam desenvolvidas, e torcer para estarmos vivos quando a exploração espacial final começar realmente.
Espero que tenham gostado dessa curta abordagem do assunto e que suas mentes possam ser aguçadas por essa curiosidade,
um ótimo fim de semana a todos e até uma próxima.

Hey! Pietra aqui o/ Vim lhes avisar que hoje nós teremos Newsletter! Fiquem ligados nos seus emails, para quem não sabe... semana que vem começarei um sorteio, serão três vencedores. Porem eu irei falar mais disso tudo na quarta feira que vem *u* 

2 comentários:

  1. Que artigo mara haha
    Amei todas essas informações, sempre vejo uma coisa aqui e acolá sobre esse assunto e adoro sempre ter mais informações *-*
    beijos
    Ganurb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto muito tambem de artigos desse tipo, informações novas sempre é bom o/
      Obrigada por comentar! Volte sempre ;3

      Excluir

✘ Aceito sugestões de postagens, dicas e muito mais.
✘ Estou aceitando qualquer tipo de TAG, porem não prometo responder todas, apenas aquelas que me forem de maior interesse!
✘ Você quer divulgar o seu blog aqui? Me mande um email que a gente conversa melhor sobre isso!
✘ Tem alguma duvida? Sempre existe as redes sociais do blog, os comentários e a aba de contato!
✘ Quer falar comigo? Só me mandar um email! Eu vou responder o mais rápido possível :3

Tecnologia do Blogger.